Domitianus

Arquitectura

Ateliê

Publicações

English

Serviços Municipalizados Amadora/Oeiras - Concurso

Pela sua dimensão programática e estratégica, o novo edifício dos serviços técnicos dos SMAS de Oeiras e Amadora, adquirirá uma relevância no concelho de Oeiras e na área metropolitana de Lisboa. Será neste local que se criará uma centralidade de funcionamento dos serviços da água, agregando-se, num único local, um conjunto de divisões municipais que até ao momento se encontram dispersas no concelho de Oeiras. Será também neste local que se fará a gestão de águas e saneamento do concelho da Amadora.

A imagem do novo edifício, caracterizada pela sua materialidade, será em grande medida definida pelo seu sistema estrutural. É a referência arquitectónica do nível superior, onde se situam as áreas administrativas, que constitui o coroamento e a referência mais forte da nova construção. A esbelta treliça que caracteriza o edifício é desenhada com sinuosidade. Ao mesmo tempo que expressa a vertente infra-estrutural deste equipamento dos SMAS Oeiras e Amadora, a ondulação estrutural procura referenciar-se na imagem de um caudal líquido.

A concepção arquitectónica permite, sobretudo quando o edifício é observado ao longe, criar a ideia de algo que, simplesmente, pousa na cota mais elevada daquela colina de Leceia. Esta imagem cresce de interesse no momento em que o edifício é observado durante a noite, uma vez que se constituirá como uma marca de luz na lonjura, entre a terra e mar, do território municipal de Oeiras.

 

 

Ficha Técnica

Promotor – Câmara Municipal de Oeiras

Arquitectura – Paulo Tormenta Pinto

Colaboração – Rosa Maria Bastos, Ivone Gonçalves e Pedro Baptista Coelho

Estrutura – Miguel Villar / BETAR

Águas e Esgotos – Andreia Cardoso / BETAR

AVAC – Galvão Teles

Segurança e Electricidade – Rúben Sobral

Projecto – 2011

Localização – Oeiras

 

 

Topo