Piscinas Municipais, São João da Madeira - Concurso

A imagem do novo edifício das Piscinas Municipais de São João da Madeira, será definida pela expressão da sua materialidade, e pela tripartição em camadas dos seus volumes, o primeiro em aglomerado negro de cortiça muito denso e táctil, o segundo metálico muito acetinado e liso de cor branca e por último o plano da cobertura muito ligeiro, revestido a também a chapa metálica pintada a branco. A expressão da cobertura terá um forte impacto quando observada por baixo, uma vez que, dada a sua dimensão construtiva, colocará de manifesto toda a expressão amarelada dos lamelados de madeira no seu aspecto original.

Atendendo às características morfológicas do terreno, optou-se por uma construção em três níveis, sendo um deles em subsolo que compreende áreas técnicas, tanques de água das piscinas e estacionamento. O nível térreo surgirá na continuidade do plano verde do recinto desportivo. É ao nível térreo que se situa o ingresso no novo Complexo de Piscinas e o controle de acessos ao recinto, é também a este nível que se acede ás áreas de vestiários, health club e bar. O piso 1 é destinado aos serviços administrativos do equipamento, áreas de bancadas de observação das piscinas e ginásios.

 

Ficha Técnica

Promotor – Câmara Municipal de São João da Madeira

Arquitectura – Paulo Tormenta Pinto

Colaboração – Rosa Maria Bastos, Ivone Gonçalves, Pedro Baptista Coelho, Hugo Coelho e Gary Barber

Estrutura – Miguel Villar / BETAR

Águas e Esgotos – Andreia Cardoso / BETAR

AVAC – Galvão Teles

Segurança e Electricidade – Rúben Sobral

Arquitectura Paisagista – João Nunes / PROAP

Projecto – 2011

Localização – São João da Madeira

 

 

 

 

 

Topo